Home arrow Notícias arrow Sec. de Articulação representa governador em ato que cria o sistema de segurança nacional
Home
A Secretaria
Secretário
Orçamento da União
Diário Oficial da União
Notícias
Serviços
Licitação
Links Importantes
Download
Fotos

 

Sec. de Articulação representa governador em ato que cria o sistema de segurança nacional
​
​​dsc_0971Brasília (11/06/2018) - Representando o governador Eduardo Pinho Moreira, a secretária de Articulação Nacional, Lourdes Coradi Martini, esteve presente na cerimônia de sanção da lei do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), no Palácio do Planalto, em Brasília, nesta segunda-feira, 11. O projeto aprovado no Congresso Nacional, para unificar o sistema de segurança do país, foi sancionado pelo presidente da República, Michel Temer, com a presença do ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann.

“O fato é que todos somos vítimas de uma brutalidade cada vez mais sofisticada, o que exige um combate à violência mais eficaz. Além disso, a violência tem um custo econômico para nossa sociedade estimado em mais de 4% do Produto Interno Bruto (PIB). Portanto, este lançamento é um passo importante para garantir tranquilidade ao povo brasileiro”, frisa Temer.

dsc_0957Além da integração dos órgãos de segurança e inteligência, o SUSP padronizará informações, estatísticas e procedimentos. O sistema será coordenado pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e, de acordo com Jungmann, pela primeira vez, o governo central assume essa responsabilidade.

“Estamos dando um rumo para segurança pública do Brasil. Agora, podemos falar de um federalismo compartilhado nessa área, isto é importante pois vamos poder pensar juntos e elaborarmos uma política de segurança pública nacional”, frisa.

Entre os integrantes do SUSP estão: Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Guardas Municipais, Instituto Médico Legal, Agentes de Trânsito e Portuários, além de órgãos dos sistemas prisionais e socioeducativos.

dsc_0981Relatório

A Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República lançou no início da cerimônia um relatório sobre os custos econômicos de criminalidade no Brasil. Os gastos com segurança pública somavam R$ 34 bilhões em 1996, no entanto, este custo subiu para R$ 89 bilhões em 2015. Já o número de homicídios passou de 35 mil em 1996 para 54 mil em 2015.

A cerimônia contou com a presença de ministros do primeiro escalão do Governo Federal, como o da Casa Civil, Eliseu Padilha; e o da secretaria de Governo, Carlos Marun.

Douglas Saviato (SC 2662 JP)

Jornalista - Secretaria de Articulação Nacional

 
< Anterior   Próximo >
 
 

SHIS QL 12 Conjunto 5 casa 8 - Setor de Habitações Individuais Sul - Lago Sul - Brasília/DF - CEP: 71630-255
Fone: (61) 3101-0900  - E-mail: Este endereço de e-mail está sendo protegido de spam, você precisa de Javascript habilitado para vê-lo
Horário de atendimento: dias úteis das 08h às 19h
 

Desenvolvimento - CIASC | Gestão do Conteúdo -SAN | Tecnologia - Open Source