Home arrow Notícias arrow Comitiva pressiona liberação de licença ambiental do novo acesso ao Aeroporto de Florianópolis
Home
A Secretaria
Secretário
Orçamento da União
Diário Oficial da União
Notícias
Serviços
Licitação
Links Importantes
Download
Fotos

 

Comitiva pressiona liberação de licença ambiental do novo acesso ao Aeroporto de Florianópolis
aeroportoBrasília (19/12/2017) - 
Uma comitiva catarinense liderada pelo vice-governador Eduardo Pinho Moreira esteve no Ministério do Meio Ambiente, em Brasília, nesta terça-feira, 19, pressionando a liberação da licença ambiental para a obra de acesso ao novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis. O trecho de 2,1 quilômetros de extensão está em uma área considerada de preservação permanente, a poucos metros da costeira do Pirajubaé, área administrada pelo ICMBio.
​

Na audiência, intermediada pelo secretário executivo do ministério, Marcelo Cruz, o diretor do ICMBio, Marcelo Marcelino, garantiu que a licença ambiental terá um aval positivo ainda na primeira quinzena de janeiro. “Embora haja impactos é possível mitigar estes danos. O nosso entendimento, junto com a Superintendência Regional de Santa Catarina, por compreender também da importância deste acesso ao Estado, é que até o dia 12 de janeiro iremos retificar e emitir uma nova autorização referente ao acesso”, frisa.

O vice-governador destacou que Santa Catarina é considerado o melhor destino turístico do Brasil, sendo uma atividade econômica importante para o Estado. “Somente nesta temporada são esperados mais de 2 milhões de argentinos. Hoje, existe uma dificuldade em chegar a Florianópolis devido ao aeroporto acanhado. O governo reservou recursos para esta obra e a liberação no dia 12 é uma ótima notícia para o Estado”, destaca Moreira.

Quem também saiu satisfeito da audiência foram os representantes da empresa suíça Zurich Airports, ganhadora do leilão de concessão para a construção do novo terminal de passageiros. De acordo com CEO da empresa em Florianópolis, Tobias Marketing, o prazo da liberação ambiental é satisfatório para que a obra seja licitada e iniciada, sendo concluída em um ano, pouco antes do novo terminal de passageiros, que tem previsão de conclusão para o segundo semestre de 2019.

O presidente do Embratur, Vinicius Lummertz, ressaltou ainda que com esta definição, a Zurich tem o intuito de ampliar em 500 metros a pista de pousos e decolagens e permitir voos internacionais, voos estes que estão na fila aguardando para operar. “A receita para o Estado seria de U$$ 1 bilhão em quatro meses de verão com estas operações internacionais. Temos contato com várias companhias no exterior e a empresa considera que chegou o momento dos europeus e dos americanos visitarem Santa Catarina”, destaca.

Esteve presente também no encontro o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, que reforçou a importância da viabilização do acesso nas próximas semanas. O secretário de Articulação Nacional de Santa Catarina, Acélio Casagrande, e o Secretário de Turismo, Cultura e Esportes, Leonel Pavan também participaram. O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Fundação do Meio Ambiente (Fatma) estiveram representados no encontro.

Douglas Saviato (SC 2662 JP)

Jornalista - Secretaria de Articulação Nacional

 
< Anterior   Próximo >
 
 

SHIS QL 12 Conjunto 5 casa 8 - Setor de Habitações Individuais Sul - Lago Sul - Brasília/DF - CEP: 71630-255
Fone: (61) 3101-0900  - E-mail: Este endereço de e-mail está sendo protegido de spam, você precisa de Javascript habilitado para vê-lo
Horário de atendimento: dias úteis das 08h às 19h
 

Desenvolvimento - CIASC | Gestão do Conteúdo -SAN | Tecnologia - Open Source